Pular navegação

Dê seu pitaco no projeto gráfico

Ajuda

Dê seu pitaco no projeto gráfico

Por ocasião do lançamento do livro Design Livre a gente criou vários memes. Esse aqui é meu favorito:

projetar_sozinho.png

O Gonzatto já deu o pontapé na discussão sobre a capa e algumas propostas alternativas surgiram. Quero começar a discussão sobre o projeto gráfico dentro do livro, nas páginas de leitura. Abaixo seguem duas propostas iniciais, feitas com Inkscape. O livro será diagramado em Scribus, porém, o Inkscape é mais rápido pra criar. Os efeitos decorativos nas bordas foram feitos com a ferramenta de caligrafia. Depois que o padrão de estilos estiver definido, aí o Scribus entra em cena.

Por favor, abra o arquivo, modifique e poste sua proposta. Se não souber mexer no Inkscape e não tiver tempo pra aprender, então mande pelo menos um pitaco! Please não me deixe forever alone nesse design livre :P

Fontes livres: Judson e Pfennig

projeto_grafico1.png

Fontes livres: Libertinage e Oaxaqueña Tall

projeto_grafico3.png

Pré-visualizarAnexoTamanho
projeto_grafico1.svg29.99 KB
projeto_grafico3.svg17 KB

Comentários

#1

Desculpe gente, mas esse livro será impresso também? Caso sim, um ponto que é importante pensar é no reflexo ambiental e quantidade de recursos, o quanto a diagramação vai aumentar o numero de páginas ou quantidade de tinta.

Vou dormir pensando numa diagramação! :D

#2

O livro ficará disponível para download gratuito e impressão sob demanda pelo Clube de Autores. O número de impressos no caso do Design Livre foi bem baixo, perto de 40 cópias, em comparação com os mais de 2.500 downloads. Sendo assim, acho que não precisamos nos preocupar muito com a quantidade de recursos e focalizar no conforto de leitura. Podemos fazer um layout que economiza papel e tinta mas que ninguém consegue ler, mas acho que não teria muito a ver. Só o fato de não termos uma edição impressa com estoque já é um ponto a mais à sustentabilidade ambiental.

#3

Entendi, é que baixei uma versão que estava bem diagramado para impresso, com paginas pares e impares com margens diferentes, e uma nuvem de tag em 2 paginas, por isso pensei que esse era o foco, que bom que não é!

Bom, pensei que poderia continuar essa nuvem de tag durante a diagramação, usando nuvens por capitulo e juntando com outra ideia do kindle, que diz o tempo do capitulo, fiz um sketch de uma barra de progresso + tags + tempo do capitulo. Mais ou menos como uma formação de corais com palavras. Vejam se faz sentido.

É só um esboço da ideia, nem me preocupei com fontes nem com as tags, peguei um texto qualquer para exemplificar como se fossem tags, a ideia seria que na primeira pagina do capitulo teria essa barra lateral com as tags do livro todo, e as tags em preto seriam as desse capitulo, o tamanho que ela ocuparia seria proporcional ao tamanho real do capitulo relacionado com livro, assim, com o passar dos capitulos, a pessoa começaria a ter uma ideia do seu tempo de leitura, uma relação de tempo muito abstrata será? Pode ser! :( Mas acredito que seria rico usar a ideia da construção do coral no decorrer do livro.

Sobre a coisa do tempo no kindle, quando estou lendo antes de dormir essa informacao é muito util, pois sempre quando chego em um novo capitulo, avalio a partir desse indicador se continuo mais um pouco ou vou dormir.

No caso impresso, poderia ainda servir como marcador, pois coloquei as tags coladas na margem, olhando o livro de lado apareceria umas marcações em escadinha, isso se o site permitir uma impressão sem margens.

Bom, não esqueçam de disponibilizar em formato EPUB ou compatível com leitores digitais, PDF até dá para ler, mas nem se compara com os formatos padroes de eReader.

  • cap1.jpg
  • cap2.jpg

#4

Valeu por dar esse empurrão na discussão Diego! Visualmente achei bem atraente a sua proposta, porém, acho que toma muito espaço da página sem acrescentar conteúdo a ela. Poderia funcionar se fosse uma espécie de índice do capítulo, com palavras-chave, pra encontrar rapidamente uma coisa que se está consultando, porém não acho que não compensa o esforço extra de compilar o índice, modificar em todas as páginas separadamente... o livro vai ter umas 200 páginas. Só para um livro de referência rápida faria sentido esse esforço.

Sobre a indicação da posição de leitura acho que não é necessário pois os leitores de PDF/Epub já indicam isso e no livro impresso dá pra sentir a espessura da lombada faltante.

Inspirado na sua proposta fiz uma outra, utilizando o recurso de Spray do Inkscape. Tenta trabalhar essa noção de corais com palavras que você colocou, mas de forma mais padronizada pra simplificar o processo de diagramação.

Pré-visualizarAnexoTamanho
projeto_grafico6.svg22.92 KB
  • projeto_grafico6.png

#5

Sugestão: se a capa for com a arte generativa que está sendo discutida no outro tópico, utilizar algum elemento generativo nos capítulos/subcapítulos.

#6

Atualizei o projeto gráfico número 2, que era o que combinava mais com a capa final. Utilizei os elementos de corais deste comentário. Fontes: Oaxaqueña Tall e XB Tabriz.

Fiz algumas impressões com essa amostra de capa e miolo para ajustar as cores. Anexo junto para ver se está consistente de um para o outro.

O próximo passo é colocar tudo no Scribus.

Pré-visualizarAnexoTamanho
xb-tabriz.zip750.16 KB
projeto_grafico7.svg415.12 KB
oaxaquena-tall.zip140.57 KB
  • projeto_grafico7h.png
  • capa_corais_generativa4b.jpg

#7

Eu tou me batendo bastante no Scribus para implementar esse projeto gráfico. Eu deveria ter documentado como fiz isso no livro Design Livre. Em anexo a situação atual. Já dá pra ver algumas novidades: o recuo dos parágrafo e o alinhamento quebrando o grid dos intertítulos. Eu preciso ainda fazer um teste impresso pra ter certeza que esse tamanho 12 não tá grande demais. De um modo geral, tô tentando deixar bem leve apesar de cometer algumas ousadias.

Vou documentar aqui os passos para importar o texto do texto colaborativo ao Scribus. Fazendo dessa maneira fica fácil de atualizar o conteúdo depois que os textos colaborativos forem modificados.

  1. Exportar em HTML do texto colaborativo
  2. Substituir linhas em branco no HTML "<br><br>" e "<br>&nbsp;<br>" por "<br>"
  3. Mudar o charset do arquivo de UTF8 para ISO caso apareçam caracteres estranhos no Scribus
  4. Criar páginas no Scribus
  5. Inserir Frames > Colocar o número das novas páginas > Opções > "Link Inserted Frames" > Documento fonte (arquivo HTML)
  6. Na importação de HTML do Scribus há algum bug que os H1,H2 e etc acabam recebendo uma formatação extra que impede controlar a fonte e tamanho pelos estilos. Para resolver esse problema, basta pesquisar e substituir selecionando o estilo antigo e um novo, pedindo para substituir o tamanho da fonte e a fonte correspondente.
  • projeto_grafico8.png
  • projeto_grafico8b.png

#8

Fred,

Acho que ta ficando bem legal. Não sei se vc está considerando o tamanho A5 como conversamos eu, vc e @Leo Guedes, com uma impressão você pode realmente avaliar melhor o tamanho da fonte

mas gostei da proposta dos exemplos acima

#9

Fred, você está documentando como está fazendo agora? Tenho muita curiosidade pelo scribus.

abraços e parabéns

Precisa de ajuda?

Blog

O blog permite que os membros de um projeto se comuniquem, discutindo e publicando novidades. É um ótimo lugar para compartilhar processos, desafios e explorar ideias.