Pular navegação

Aprendendo e ensinando com as lives de quinta da Ação Cultural

Ajuda

Aprendendo e ensinando com as lives de quinta da Ação Cultural

Prezados (as)

A produção de lives dá trabalho, como tudo, mas é uma experiência gratificante e necessária.

Abaixo,  vou deixar um passo a passo e assim podemos colaborar com os nossos convidados  e com quem mais quiser fazer.  Como é uma ferramenta de comunicação que tende a permanecer, vale a pena deixar o post por aqui e acrescentando o que for aprendido ou aprimorado mais adiante.

A coordenação de produção é realizada por este que escreve. Zezito de Oliveira. A assessoria e apoio  técnico em audiovisual é realizada por Raoni Smith. A arte quem produz é o professor e design gráfico, Maxivel Ferreira. 

A politica pública dos Pontos de Cultura colabora com conhecimentos técnicos e com a maioria dos equipamentos que estamos utilizando.

A primeira questão que fizemos foi escolher eixos e temas. Os eixos são os mesmo do trabalho programático  da Ação Cultural.  Educação Popular, Ação Cultural e Culturas da Periferia.  

Para a primeira fase escolhemos  cinco temas :

Estamos buscando organizar uma sequencia de lives da Ação Cultural, para dar prosseguimento  a primeira  que realizamos na quinta-feira da semana passada (07/05/2020).

Os próximos temas são os seguintes, não necessariamente na ordem abaixo:

       1 – A auto-organização popular e o fortalecimento do poder local agora e no mundo pós pandemia.  

  1. - De que maneira a Caravana Arcoiris por La Paz contribui e pôde contribuir para preparar  pessoas e coletivos para viver   agora e no mundo pós pandemia.
  2. - O que o legado de Paulo Freire  e a ação cultural  pôde colaborar para fortalecer a consciência e o espirito de coletividade. Abordagem em três  momentos.
    1. – Conversa com educadores populares da BA e PE.
    2. – Conversa com  um jovem e um adulto, atualmente,  que participaram do Projeto Ecarte e Ponto de Cultura Juventude e Cidadania. (Conjunto Jardim –Nossa Senhora do Socorro –SE
    3. – Conversa com  adultos que participaram como adolescente e jovens da AMABA/Projeto Reculturarte. (Bairro América – Aracaju-SE)

Portanto, pretendemos realizar 5 lives em  uma  primeira sequencia. Depois veremos como prosseguir .  Caso a situação seja mais ou menos “normalizada”,  deveremos manter as lives, porém mensal ou bimestral.

Sempre que possível, pretendemos realizar as lives da sequencia inicial, às quintas-feiras, pela noite e aos sábados, pela tarde. Podendo ser tanto uma vez por semana, como duas vezes, na quinta e no sábado.

Aracaju, 10 de maio de 2020

2º - Entrar em contato com os convidados.  Depois da confirmação,   compartilhar o seguinte tutorial:   Como fazer Live com 2 ou mais pessoas [Facebook ou Youtube] StreamYard

https://www.youtube.com/watch?v=4zL-M6UOlSE

3º  - Elaborar  Roteiro , release e produção da arte.

 Ação Cultural promove live na próxima quinta (07/05) com tema o que Sergipe está aprendendo com a COVID-19

https://acaoculturalse.blogspot.com/2020/05/acao-cultural-promove-live-na-proxima.html

ROTEIRO  DA PRIMEIRA  LIVE DE QUINTA

1 – Entrada – A canção Sol de Primavera . No horário em ponto, enquanto o pessoa vai chegando a live.

2 – Fala de Zezito – Apresentação  geral do tema. Faz a apresentação dos motivos que geraram a necessidade da live, o que é a  Ação Cultural, quem são os  participantes da live.. Encerra com uma canção e um pequeno comentário que servirá de gancho para a entrada de Soares.  (10 minutos – máximo)

3 – Fala de Soares – A ênfase aqui será no aspecto ético comportamental , tanto das autoridades públicas, como das pessoas.  A ênfase aqui será na ética do cuidado de si e com os outros, ética da solidariedade, ética da participação. Pode-se abordar o que predomina e porque, o que precisará predominar doravante como a igreja católica pode colaborar mais nesse sentido.  (SUGESTÂO) Pode ser utilizada total ou parcial. Fundamental utilizar sempre a realidade concreta e as contradições. Por exemplo: Há um movimento na igreja de um grupo que pede o retorno da comunhão nas missas, quebrando o isolamento social. Isso significa que amplos setores da igreja precisará de uma espécie de reconversão?  Há algo semelhante em Aracaju. Em que medida uma visão de religão atrapalha ou ajuda o combate a pandemia? (10 minutos máximo)

4 –fala de Barbalho – A proposta é seguir  como roteiro o que Barbalho fez no texto. Começar com a contextualização internacional, nacional e depois chegar ao contexto local. Utilizando as perguntas colocadas no texto.  (10 minutos máximo)

5 - Abre para as perguntas e comentários  dos internautas. (20 minutos)

6 – Fala de Zezito – O que os segmentos ligados ao campo da educação e da cultura pode aprender com essa pandemia.  (máximo 10 minutos)

7 – Fala de Barbalho (5 minutos)

8 – Fala de Soares –  (5 minutos)

9 – Encerramento com a canção “Sol de Primavera”.

O tempo é para balizar, se necessário pode ultrapassar.  No máximo até 50%.Mas se possível, manter como parâmetro.

Ação Cultural promove mais uma live nessa quinta (14/05), no horário das 20h.

https://acaoculturalse.blogspot.com/2020/05/acao-cultural-promove-mais-uma-live-na.html

Como foi a primeira live: 

https://www.facebook.com/acaocultur/videos/183767012765599/

ROTEIRO PROPOSTA DA SEGUNDA LIVE DE QUINTA

1 – Entrada – A canção “O que foi feito de vera” . No horário em ponto, ou minutos antes, enquanto as pessoas  vão  chegando para a live.

2 – Fala de Zezito – Apresentação  geral do tema. Faz a apresentação dos motivos que geraram a necessidade da live, o que é a  Ação Cultural, quem são os  participantes da live. Encerra com a canção Girassol do Cidade Negra, a qual servirá de base para a entrada de Jonathan.

3 – Fala de Jonathan  – A ênfase aqui será no aspecto conceitual do significado  de auto-organização e poder local.  Em seguida pode se falar de auto-organização e poder local no Brasil republicano citando alguns exemplos. Pode-se utilizar o MST como exemplo e no caso do fortalecimento do poder local, o orçamento participativo .   Essa é a primeira parte da fala de Jonatham. Pode chegar a 20 minutos

4 –fala de Barbalho – A proposta é começar falando sobre a experiência de trabalho no Coqueiral e no Porto Dantas. Aqui,  pode considerar o quanto mais pessoas envolvidas em trabalho desse tipo,  poderia fortalecer uma situação melhor para a educação da população dentro da ideia de formação de uma consciência coletiva. A despeito de   mesmo atingindo uma minoria, como esse trabalho e semelhantes fortalece o enfrentamento da pandemia na atualidade.

E quanto a outros movimentos de auto-organização nesse momento, como é o caso de Paraisopolis, como funciona e como aponta  de forma inovadora, para uma forma de retomada da organização das periferias no sentido mais geral para outras regiões de São Paulo e do Brasil. Pode ir até 20 minutos.

5 - Abre para as perguntas e comentários  dos internautas. Até 15  minutos.

Transmissão do clipe da canção  “mulheres da tropa” do Edgar Scandurra  - IRA, lançado no último domingo.

6 - Essa canção abre a segunda e última fala de Jonathan com foco na relação auto-organização das juventudes e poder local, antes,  e agora em tempos de pandemia. Cerca  de 10 minutos

6 – Fala de Barbalho  - Sobre o consórcio nordeste e o comitê cientifico. O que significa e como é a participação do governo de Sergipe. Cerca de 10 minutos

8 –  Comentário dos internautas  com considerações finais dos dois convidados - 15 minutos.

9 – Encerramento com a canção “O que foi feito de vera” novamente.

https://acaoculturalse.blogspot.com/2020/05/acao-cultural-promove-mais-uma-live-na.html

Como foi a segunda live:

https://www.facebook.com/acaocultur/videos/581106555847579/?epa=SEARCH_BOX

ROTEIRO DA TERCEIRA LIVE DE QUINTA

1 – Entrada – A canção “Coração Civil” . Minutos antes, enquanto os internautas  vão  chegando para a live e os convidados.

2 – Fala do Zezito – Apresentação  geral do tema. Faz a apresentação dos motivos que geraram a necessidade da live, o que é a  Ação Cultural, quem são os  participantes da live. Até 05  minutos..

3- Primeira parte da apresentação de  Cláudia... Até 20 minutos

A. Apresentar Paulo Freire, situando-o no seu tempo histórico;

B. Refletir a Ação Cultural a partir:

C. Do conceito de cultura para Freire; B. da relação Educação  X política e C. da consciência de classe.

 D. Correlacionar o tempo histórico de Paulo Freire com a atualidade.

4 - Intervalo – leitura de saudações e respostas às perguntas dos internautas.  Até 10 minutos

5 – Apresentação da canção “Viramundo” antecedendo a fala de Simão.

6 - Primeira parte da apresentação de  Simão... Até 20 minutos

As fontes que fazem correr para o mar:

  1. O Movimento cultural sempre foi coletivo, o legado dos que defendem práticas educativa transformadora:

Paulo Freire e o MCP - Movimento de Cultura Popular (em memória de Germano Coelho),

mobilização dos/as artistas,

educar pela palavra da vida,

expressar sua visão de mundo.

b)           Pe. Reginaldo Veloso - Movimento de Adolescentes e Crianças – MAC e o Programa e Animação Cultural – PROAC

Os eixos da Animação cultural:

A arte como mote,

Jovens artistas educadores/as,

Grupos culturais o sentido da comunidade de aprendizado,

Inserção na vida coletiva.

7 - Intervalo para saudações dos internautas e respostas as perguntas dos internautas. – Até 10 minutos

8 - Apresentação da segunda e última parte da fala de Cláudia – até 10 minutos

 Apresentar como a Ação Cultural é, de certa forma, operacionalizada nas atividades da OCUPA e também na sala de aula.

FALAR SOBRE A SITUAÇÃO DA PANDEMIA NA BAHIA, COM ENFASE PARA A SITUAÇÃO DAS FAMILIAS DA PERIFERIA

9   - Apresentação da segunda e última parte da fala de Simão – 10 minutos

c)            O Centro de Animação de Popular - CENAP – sujeitos autônomos, criativos e auto determinados – Prática educativa.

Educação com arte,

Educação e processos educativos,

Educação no coletivo.

FALAR SOBRE A SITUAÇÃO DA PANDEMIA EM PERNAMBUCO, COM ENFASE PARA A SITUAÇÃO DAS FAMILIAS DA PERIFERIA

10)           Saudações dos internautas, perguntas  e considerações finais dos convidados.  Até 10 minutos

11) Canção Coração Civil

Total – Aproximadamente uma hora e meia de live,

Passo a passo da pré-produção e da produção das  lives da Ação Cultural.

PRÉ

Convite aos  participantes. 

Envio de fotos de quem  irá  participar da live com um pequeno  resumo biográfico, pequeno mesmo. Enviar fotos das atividades realizadas pelo participantes.  Sugestão de arte são bem vindas.

Elaboração do roteiro – Podemos fazer juntos

Elaboração do release – A nosso encargo

Produção do cartaz  - A nossa encargo

Publicação no blog e nas redes sociais. – A nosso encargo

Criação do grupo provisório no whatzapp, se for dois ou mais convidados – Ao nosso encargo

Realização da pré-live teste no dia anterior, às quartas feiras. Ou outro dia que for combinado

A participação no teste  deve ser com os equipamentos que se  pretende utilizar na transmissão. E no local da casa donde será   realizada a transmissão . Recomenda-se estar de posse de um pequeno texto ou poesia para fazer o teste de som.

Produção

19h30 – Entrada prévia para o segundo teste público  e chamada para participação na própria página.

19h55 – Entrada da música tema da live e dos convidados.

20h – Inicio - O tempo sugerido é até 1h30

Pós produção

Publicação de agradecimentos, registros de opinião e bibliografia em postagem no blog da Ação Cultural, assim como anuncio do tema da próxima live e convidados e  link com a publicação da gravação

Publicado em 27/05/2020 - Revisado em 03 de junho de 2020

Comentários

Precisa de ajuda?

Blog

O blog permite que os membros de um projeto se comuniquem, discutindo e publicando novidades. É um ótimo lugar para compartilhar processos, desafios e explorar ideias.