Pular navegação

Introdução da Carta de Princípios

Introdução da Carta de Princípios

Introdução

 A extensão, juntamente com o ensino e a pesquisa, caracteriza-se como um pilar básico para a Universidade. É a responsável pela interação desta com a sociedade, tendo como princípio contribuir para o desenvolvimento da sociedade, através da aplicação do conhecimento adquirido na Universidade; e dela buscar experiências e desafios para a vitalização do ensino e da pesquisa desenvolvida nas instituições, constituindo-se como uma oportunidade de reavaliação de seus métodos pedagógicos no tocante a sintonia deste com as reais necessidades da sociedade.

Quanto à sua importância, a atividade de extensão só tem a auxiliar na formação do estudante, por colocar em prática todo o conhecimento que até agora só tinha sido usado em projetos que não saiam do papel, e de por caraterizar-se como um primeiro ensaio de prática profissional, só que com toda orientação e suporte acadêmico que a Universidade permite.

O tipo de atividade a que esta carta se refere é descrita com detalhes nos termos a seguir, considerando a discussão sobre seu público alvo, participação da comunidade acadêmica, entre outros tópicos. Os princípios descritos nesta carta visam um melhor direcionamento para a montagem de um Escritório Modelo de Arquitetura e Urbanismo em sua faculdade, o importante é compreendê-los em sua essência e adequá-los a realidade acadêmica da sua Universidade e a realidade social da sua cidade.

Esse documento, portanto, não tem pretensões de encerrar aqui as discussões sobre o tema, ou perpetuar-se como um manual fechado a ser seguido à risca. Seu intuito, pelo contrário, é fomentar a discussão em torno dos Princípios do Escritório Modelo, estabelecer limites éticos e legais para a atividade de tão grande importância social que exerceremos e   ser um documento auxiliar na construção e manutenção dos Escritórios Modelos de Arquitetura e Urbanismo. 

Prazo: 
20/02/2017 (O dia inteiro) - 21/02/2017 (O dia inteiro)
Responsáveis: 
tchavn
Recompensa em créditos sociais: 
48

Comentários