Fisiograma de organização do IAM

Pessoal, o Jay me mandou uma foto de um rabisco de fisiologismo que vocês fizeram para o IAM que tava meio difícil de enxergar. Eu peguei e vetorizei usando o Inkscape. Se alguém quiser mudar algo, estou anexando o arquivo fonte.

fisiograma_iam.png

Achei bem bacana a analogia. Os organogramas são tradicionalmente no formato de uma árvore de cabeça pra baixo, o que acaba não sendo muito sustentável, pois há uma concentração de insumos no topo, nas mãos do proprietário ou chefe.

organograma-de-uma-fazenda.jpg

Pré-visualizarAnexoTamanho
fisiograma_iam.svg7.17 MB
fisiologismo_iam.jpg
fisiologismo_iam.jpg1.73 MB

Comentários

#1

Olá Fred!

Maravilha esta mão que nos deu! Este fisiologismo foi um grande passo na nossa gestão interna e iremos compartilhar este conceito. Valew! Haribol!

#2

Isso é rico para o instituto e para levar para o mundo, mas talvez por vir de um sistema tradicional ainda tenha dificuldades de entender algumas coisas. Logo de cara tento ver onde eu estaria ali, mas talvez não seja isso.

Talvez as pessoas transitem neste ecosistema, elas não estão necessariamente em um lugar, mas sua energia está, as vezes está no sangue para movimentar as pernas colocando o "pé na massa", as vezes como um refletor do sol motivando a galera.  Será que é por ai? As pessoas são a energia, proteinas, ar, são absorvidas e se transformam? Não sei.

#3

Vou adicionar a contribuição do Núcleo do PR que adicionou o conceito de síndromes a Fisiologia do IAM.

Lá vão as síndromes:

- Pato: "Ele anda, nada e voa, mas não faz nenhuma das três coisas com graça" - representa os pioneiros que fazem funções que estão além de suas capacidades e por isso podem não ter a melhor desenvoltura necessitando da compreensão e apoio do grupo.

- Ícaro: Seguindo a história grega na qual um rapaz tenta se fundir no Sol e acaba com suas asas postiças queimadas, sofrendo um tombo grande. 

- Eclipse: Quando bate aquela desanimação e que parece que o Algo Maior que nos une desaparece, mas não passa de ser um evento temporário. Manter a união do grupo e a fé no propósito.

#4

Queridos iluminados!

Esse eco sistema é lindo e é o desejado, mas atualmente esse ambiente é um pouco diferente, é importante avaliar a situação atual para saber onde agir e como sobreviver, talvez essa arvore seja uma pioneira rústica, num ambiente empobrecido e danificado.

Seria um belo exercicio desenhar olhando para o presente e visualizar o tamanho dessa planta, a grossura dos galhos, se aguentam um fruto ou uma flor, e o que podemos falar do solo e da chuva? O sol me parece o mais estável, brilhando muito forte, mas pode ser que tenham outras plantas que estão sufocando a nossa arvorezinha, o que isso quer dizer? que não estamos dando a devida a atenção a ela? Talvez esteja chovendo demais em outros lugares, mas como a sociedade não sabe o que fazer com esse aguaceiro e o solo está pobre, podem estar se afogando.

Talvez esse exercicio possa deixar ainda mais claro as metaforas de cada parte do sistema, além de deixar claro quais ações são mais importantes para que nenhum dos personagens morra, ou não aguente uma chuvarada pois suas raizes são rasas, ou um fruto muito grande que absorva toda energia da arvore ou quebre seu tronco, desequilibrando ainda mais esse ecosistema.

E mesmo que depois de um tempo possamos desenhar algo mais proximo do desejado, haverão momentos de seca e devemos estar preparados para isso, saber usar tecnologias sustentáveis de reutilização da agua, energia dos ventos e talvez até plantar novas arvores em terras mais produtivas.

Esse seu fisiograma é de uma coerencia tão magnifica que sua complexidade pode chegar a  tudo que podemos encontrar no nosso mundo.

#5

Sabia reflexão! Este fisiologismo é concebido numa condição ideal de funcionamento que pode ou não ser a realidade do momento. Vale a pena analizarmos em que estágio da sucessão ecológica estamos.

Creio que estamos cumprindo a função dos organismos pioneiros, mas não nos compararíamos a liquens e bactérias, visto que crescemos já num substrato rico, principalmente na parte conceitual, as pioneiras abrem o caminho para outras mais específicas, precisamos continuar este processo e proporcionar um ecossistema que convide outros organismos, que seja atrativo.

Teremos que ter compreensão com os patos desajeitados, exercitaremos nossa tolerância e mantendo sempre a humildade e o respeito as diferenças, assim o ecossistema sempre estará em espirais crescentes de fertilidade.

#6

O Jay! Estou colocando essa teoria do fisiograma como papel fundamental no processo de entrada do IAM no cliente (escola/empresa/orgao), é a partir do resultado desta atividade que serão encontrados os gaps para fazer com que o ecosistema fique equilibrado. E ai entraria todo o portfolio de produtos do instituto e parceiros, que podem ser ações de curto até longo prazo, enraizando o instituto no cliente.

Aproveite sua licença paternidade para ruminar e enriquecer esse conceito, para torná-lo o abridor de portas e janelas para o IAM. E tem mais, caso não tenha muita fonte de referência no assunto, não seria nada mal fazer uma ebook sobre isso.

#7

Como o fâ dessa ideia, resolvi fazer o meu fisiograma, eu como um ecossistema, então fui atras de referencias para isso, a busca tem resultados interessantes.

Primeiro, o termo "Fisiograma" já é relacionado a uma técnica de fotografia com luzes direta, formando desenhos com o facho de luz.

"Fisiologismo" foi apropriado pela política, é uma prática de troca de favores e tudo mais, até faz um pouco de sentido, mas não parece também um bom termo para usarmos. Se fosse para se apropriar, ficaria com o Fisiograma mesmo ou Ecofisiograma.

Procurei coisas em ingles e não achei muita coisa, particularmente, acho que vocês tem ai uma semente MUITO rica, varias pessoas que comento sobre isso ficam extremamente curiosos sobre o assunto, olha que são pessoas bem antenadas e geralmente da área de empreendedorismo.

Não queria ser muito insistente, mas não consigo me segurar, isso tudo aqui é um começo de algo que pode alavancar o instituto de uma forma global e realmente transformadora, pois é possivel trazer para dentro de um microsistema analogias do macro sistema, sensibilizando assim as pessoas quanto ao equilibrio e a importancia dos elementos naquele sistema. Então mesmo que as pessoas sejam egoistas, indivudualistas e olhem apenas para seus umbigos, mas se elas perceberem que se aquele umbigo está sujo e para resolver é importante um equilibrio de todo o corpo, pode ser que se inicie uma reflexão sobre seus ecosistemas, seja sua familia, casa, empresa, escola, bairro.

Vejo tranquilamente o instituto em um TED Talk, semeando essa ideia, como também artigos e livros sobre isso, aproveitar para se tornar referencia no assunto, antes que algum Papa do Marketing ganhe $100mil por isso dizendo que era algo tão obvio e ja fazia isso a anos em suas consultorias.

Quando estiverem de bobeira, reflitam bastante sobre isso gente, hoje na madrugada fiquei doido tentando fazer o meu ecossistema, está quase pronto, fiquei arrepiado com o resultado, mas só vou mostrar para quem fizer o seu também! :p

Outros termos que podem ser inspiradores para isso são: Ecologia Profunda, Ecofisiologia, a própria Permacultura, Holismo, Visão Sistemica.

No caso do meu ecossistema, fiz bem diferente do instituto, mas acho que é assim mesmo, cada um analisa com seus olhos, então fiz 3 versões: de 1 ano atras, o atual e uma simulação do que teria que acontecer para ficar mais equilibrado. Foi imporatnte fazer o do passado pois estava em um momento bem diferente e serviu para validar as analogias que fiz.

#8

Não deu certo anexar, Diego?

#9

Tentei construir uma linha de raciocínio para facilitar a construção do ecossistema pessoal, mas não sei se ficou bom, acho que está muito dificil.

Eu levei umas 5 horas para fazer o meu, mas foi dividido em dois dias, acho importante dar um tempo para vermos com os olhos do dia seguinte, surgem algumas ideias novas. A Leandra está fazendo o dela.

Vejam o que acham:

https://docs.google.com/presentation/d/1uztRcDFBF_CUcdxOS2d2xNNmULXFYh6u...

Salvem uma cópia, dupliquem os slides de exercicios ou imprimam, sintam-se a vontade. No meu, eu salvei só os slides de exercico em outro arquivo. Fiquei bem surpreso com o resultado, mas acho legal não mostrar agora para não viciar vocês, por favor, tentem fazer, é muito rico.

#10

Pelo que entendi esse fisiograma vocês estão usando para organizar a casa, porém, estou achando que tem um potencial bem interessante como serviço para empresas, que vivem passando por crises de identidade e problemas de motivação.

#11

Isso ai Fred! Uso sempre os exemplos de escola, mas realmente é nas empresas que isso é mais inflamável!

Ainda para refletir e inspirado nas discussões la do post da bruna, quando um ecossistema se "comunica" com outro, isso os torna um ecossistema unico? Talvez seja importante pensar nisso em uma análise do fisiograma, como aves migratórias, pragas, ventos que migram entre ecossistemas, inclusive o IAM poderia ser um desses elementos, que passa pela empresa/escola, interfere nas coisas e depois vai embora deixando seu rastro. Ou pode retornar em estações. :D

Vendo esse vídeo reforça ainda mais que uma analise dessas pode ser muito simples ou extremamente detalhada, com uma visão bem macro ou micro, ou como o você comentou, tem coisas mais lentas e rápidas, e todas são necessárias e tem sua importancia.

https://

#12

Para inspiração!

Como lobos mudam os rios.

https://

#13

Galera

Estarei meio off nos próximos dias, então aproveitem bem a folga pois ficarão sem meus emails por um tempo, :p

Mas só para nao perder o costume, vim aqui dar aquela reforçada no fisiograma, sou apaixonado por essa ideia e sempre vou incomodar voces com isso, inclusive estou enviando o meu, talvez nao entendam pois é bem pessoal, mas particularmente, achei lindo o processo de construção, é uma terapia + regressão + auto couching + aula de educação artística, hehehehe... 

https://docs.google.com/presentation/d/1QrJAR1QkqcHox0uSwb7sdV5L1JV78F3i...