Vídeo com uma possibilidade de uso dos UXCards

Gravei um vídeo direto da Holanda demonstrando como tenho usado os cards ultimamente. Essa dinâmica já foi discutida previamente aqui no projeto e está evoluindo com a participação de todos do projeto, ou seja, se vc tem uma idéia, contribua!

Mostrei os UX Cards para uns colegas que dão aula no curso de Desenho Industrial aqui da Universidade Twente e eles acharam tão interessante que se dispuseram a aplicar na próxima turma que começa em setembro. Comentaram que no momento os métodos são focados em UX mas que pra eles seria mais útil se tivesse métodos de Design em outras áreas. Eles realmente acharam a estrutura interessante. 

Precisaremos fazer uma versão em inglês!

Comentários

#1

Massa demais! Vou programar uma aula na faculdade sobre isso. Abs

#2

Sobre as cartas de métodos de pesquisa, não sei se pela minha falta de conhecimento sobre os métodos, achei meio difícil fazer as "deduções" que você mesmo fez ao encaixar a saída de um método na entrada de outro.

Se o baralho for utilizado por pessoas mais leigas, ou que não conheçam todos os métodos, não seria o caso de dar uma pista visual sobre que método se encaixa em qual outro? Por exemplo, pensei em algo como uma matriz de pontos, nas bordas superior (entrada) e inferior (saída) das cartas. Tentarei explicar visualmente também.

Supondo os cards dos métodos A e B. Será que a saída do método A é uma boa entrada para o método B? A julgar pela matriz de pontos, sim, pois há pontos coincidentes.

Método A (saída)   | * |   |   | * |   |   |
Método B (entrada) |   |   | * | * | * |   | 

Supondo os cards dos métodos A e C.  Será que a saída do método A é uma boa entrada para o método C? A julgar pela matriz de pontos, não, pois não há pontos coincidentes.

Método A (saída)   | * |   |   | * |   |   |
Método C (entrada) |   | * | * |   |   |   |

Bom, não sei se é viável fazer este tipo de mapeamento, mas fica a ideia.

#3

Legal. Estava discustindo isso aqui no Instituto com o Anderson, mas pensamos em simplificar os outputs e inputs de uma maneira que estes fossem cards também, pois assim fica mais fácil de ligar os cards como peças de um quebra-cabeça.

#4

Isso tem acontecido com frequencia em nossos testes, mas não creio que travar a conexão dos cards vai resolver porque não há espaço suficiente para explicar porque o output de um método não encaixa com o input de outro. Acredito que a maioria dos usuários ignoraria essa trava a não ser que a gente usasse realmente um recorte físico, tipo quebra-cabeça, mas isso encareceria e complicaria demais o projeto. 

Decidimos deixar a cargo dos usuários decidirem se o input ou output são compatíveis, até porque não podemos prever todos os inputs/outputs possíveis. Dependendo de variações nas aplicações dos métodos podem haver inputs/outputs diferentes ou imprevistos. Não acho que valha a pena fechar muito os cards. 

Mas estou preocupado com a salada mista que estou vendo nos testes que fizemos. Talvez seja só no começo pois as equipes não estão familiarizadas com todos os métodos ainda. 

Tenho pensado numa outra solução para o problema, @guilima, veja o que você acha:

Além das páginas dos métodos, o UX Cards poderia ter páginas com toolkits para situações rotineiras, especificando uma sequência de métodos que é comum para aquela situação. Exemplo:

Redesign de site

  1. Análise de estatísticas de navegação
  2. Teste de Usabilidade
  3. Inventário de conteúdo
  4. Card-sorting
  5. Taxonomia
  6. Wireframes
  7. Layout gráfico

Os toolkits poderiam ser criados colaborativamente pelos usuários também e evoluirem conforme o tempo.

#5

Com os toolkits poderíamos também criar packs personalizados de cards também que era uma ideia que eu tinha pensado analisando outros jogos de cartas que possuem os booster packs. http://en.wikipedia.org/wiki/Booster_pack

#6

Estive recentemente na conferência CHI Sparks e mostrei a Tristan Weevers, um pesquisador da TU Delft, os UX Cards e ele gostou tanto que postou no seu blog uma resenha. Ele tem certeza de que uma versão em inglês seria muito relevante. 

O Tristan está trabalhando numa ferramenta similar de seleção de métodos, mas baseada na Web. Daqui há duas semanas teremos uma reunião para discutir idéias para estender os UXCards. Detalhe interessante: ele conseguiu ler o conteúdo em português que postamos aqui graças ao Google Translate.

Edyd, como é que tá indo os layouts coloridos? Alguém mais interessado em contribuir?

#7

Depois que vi o vídeo e o a história em quadrinhos pude entender o objetivo dos cards... e estou interessado em contribuir no layout das próximas versões dos cards, nos testes na sua utilização e entre outros assuntos... Só preciso saber pode onde começo? xD

Abraço.

Deus nos acompanhe sempre.

#8

oie gente vcs disponibilizaram um link pra download dos UX cards? Ou como faz pra comprar, no formato em PVC?

#9

Dá uma olhada nesse post Monica. A última versão é a 3.9: http://corais.org/cards/node/523 Ainda não arranjamos uma maneira de comercializar a versão impressa. Tá difícil encontrar um parceiro de impressão sob demanda para PVC.