Pular navegação

CONVITE para ESCRITA COLETIVA de um LIVRO

Ajuda

CONVITE para ESCRITA COLETIVA de um LIVRO

Ola [email protected],

Estamos organizando a primeira proposta de ação coletiva para 2014 do Laboratório Virtual coLABOR, espaço destinado a estudos em gestão colaborativa e autogestão de ações coletivas através de plataformas virtuais.

A primera ação formulada para 2014 será a escrita coletiva de um livro através deste ambiente. A temática do livro está sendo definida colaborativamente através do link: http://www.corais.org/colabor/node/79918

O prazo da votação encerra no dia 13/03

O Período de escrita do Livro será de 19 a 26 de março de 2014. O período de 08 a 18 de março será de planejamento e organização coletiva do processo.

Para isso será utilizado o ambiente do coLABOR na plataforma CORAIS:

Todos os participantes do processo serão citados na autoria final do trabalho e o processo de construção coletiva do Livro ficará registrado na plataforma CORAIS.

Esta ação integra a Residência Social do mestrando Pedro Jatobá no Curso de Gestão Social e Desenvolvimento de Territórios com apoio do CIAGS/UFBA (www.adm.ufba.br/pt-br/nucleo/ciags) e em parceria com o Instituto Ambiente em Movimento (www.iam.net.br), a Cooperativa E.I.T.A. (www.eita.org.br) e o Instituto Intercidadania (www.intercidadania.org.br).

O  coLABOR - Laboratório Virtual de Gestão Colaborativa é uma iniciativa do CIAGS ligado a Escola de Adminsitração da UFBA.

Comentários

#1

É um bom tema pra começar, mas acho legal deixar aberto para o que for trazido pelos participantes.

Falo pela nossa experiência com o livro do Design Livre, escrito aqui no Corais utilizando a metodologia Booksprint. Quando a gente começou o livro do Design Livre a gente não tinha uma ideia definida do conteúdo. Era uma coisa bem vaga mesmo. Daí as pessoas foram chegando, cada um foi colocando um pouco do que pensa e o projeto foi tomando corpo. O livro não ficou do jeito que eu queria, ou do jeito que eu precisava, mas ficou do jeito que a comunidade se apresentou.

A foto abaixo mostra como a gente organizou a escrita do livro, com participação online e offline. Tivemos até video conferência usando o servidor BigBlueButton, que estará funcionando no Corais especialmente para a ocasião.

Por enquanto eu vejo as seguintes possibilidades de livros (quem tiver outras ideias, acrescente):

  • Um livro sobre como organizar projetos colaborativos de qualquer tipo, explicando as bases de organização e gestão, motivação, ferramentas disponíveis, financiamento, etc.
  • Um livro sobre como montar uma produtora cultural colaborativa, nos moldes do que o @jatoba vem fazendo, com todos os detalhes práticos de como encontrar artistas interessados, como estabelecer legalmente, formar uma rede, captar recursos em editais
  • Um livro sobre como montar empreendimentos culturais baseados em economia solidária, bem específico, com o caso clássico da Universidade Livre de Teatro Vila Velha
  • Um livro sobre como montar laboratórios vivos, ou living labs, para experimentos em inovação aberta, design livre, fabricação aberta, etc

A gente não precisa escolher um deles, mas podemos ir combinando de acordo com quem se prontificar a participar. 

Vai ser legal se a gente fizer esse debate a partir de já antes de começar a escrita do livro! Por favor, manifestem-se os interessados... Como é o livro que você gostaria de escrever com a gente?

#2

Salve Fred,

Criei uma votação contendo os temas propostos acima e deixando a opcao das pessoas comentarem novas ideias para irmos agregando ao conjunto atual

http://www.corais.org/colabor/node/79918

O prazo da votação é de 1 semana e encerra no dia 13/03

ate la podemos ir avancando no planejamento do processo pois como você falou o tema pode fluir de acordo com o grupo que tiver presente colaborando com o processo.

Convidei para este projeto, alem dos professores e colaboradores do CIAGS/UFBA, os participantes da Universidade LIVRE de Teatro Vila Velha, Produtora Colabor [at] tiva [dot] PE, Produtora Colaborativa de Belém e da Cooperativa E.I.T.A.

Quem tiver interesse em COLABORAR pode ajudar a etapa de planejamento nos ajudando a entender o interesse e os potenciais de participação na atividade através do formulário de participação: http://www.corais.org/colabor/node/79916

Seguimos tecendo!

#3

Além da votação, que define o tema geral do livro, acho que podemos ir discutindo pontos específicos do livro ao mesmo tempo.

Já postei uma sugestão de capítulo sobre tomada de decisão. Quem mais quiser postar outros capítulos, seja bem vindo. Depois nós podemos usar o ranking das sugestões para definir a prioridade na hora de escrever.

#4

Acho muito importante destinarmos o livro a um público alvo e ao mesmo tempo, este livro precisa de uma função específica.

Vamos ensinar a criar um livro colaborativamente? Qual ou quais os principais objetivos, além de precisarmos alinhavar os objetivos secundários.

Se o tema for ensinar a criar um livro colaborativamente,torna-se primordial justificar essa ação, apontando as necessidades e respectivas vantagens ao se criar este livro colaborativamente.

Assim teremos pessoas de distintas areas opinando sobre um mesmo aspecto, supriremos uma necessidade socio-cultural, ou estaremos criando uma nova vertente de pesquisa e criação?

Quais os principais autores que fundamentam ou refutam nossa opinião? Precisamos de embasamento teórico e prático para validar esta ação.

 Um abraço a todos.

Adriano Pinheiro.

#5

Olá Adriano!

A proposta não é ser um livro sobre como escrever livros, mas ser um livro sobre como desenvolver projetos colaborativos, de um modo geral.

O tema geral do livro está sendo discutido na enquete, enquanto que a questão do público-alvo está nas sugestões.

Sobre embasamento teórico eu acredito que será mais produtivo primeiro escrever o livro e depois embasar. A gente fez essa experiência com o livro Design Livre e deu certo. Publicamos depois dele um artigo em congresso e outro em revista acadêmica internacional, com uma reflexão muito mais profunda dos tópicos que foram abordados sem muito rigor no livro. Sem o livro, porém, a gente não teria explorado tantas possibilidades antes de decidir sobre o que pesquisar.

O livro vai ser uma espécie de brainstorming, por isso o prazo de escrita é tão reduzido: apenas 7 dias. Não dá pra embasar muito nesse tempo, mas dá pra colocar algumas referências.

#6

Acho que não precisa ter esse "público-alvo" específico. Eu enxergo assim: como produto final haverá um livro que poderá ser uma referência para quem procura algo na temática, seja para conhecer, seja para saber que existe, seja para trocar, seja para criticar. Quem dará o uso é o leitor.

#7

Quando a gente escreveu o livro Design Livre a gente não tinha um público alvo, a gente escreveu basicamente para nós mesmos, o que a gente gostaria de escrever mesmo. Por um lado isso é legal porque dá mais motivação, fica mais suave e espontâneo. Por outro lado, torna difícil a leitura para quem não tem o mesmo repertório e experiência que nós.

A noção de público-alvo nos ajuda a manter a figura de um leitor em mente e refletir se está bem explicado, se não deixamos subentendido coisas demais, se a linguagem está adequada, etc.

Conforme coloquei no comentário sobre a sugestão de público-alvo, acho que a gente deveria focar em iniciantes, pessoas que nunca organizaram ou participaram de um projeto colaborativo de porte.

Alguém discorda?

#8

Olá Fred.

Concordo e realmente possa ser que a coisa fuja para uma linguagem menos acessível. Apesar deu achar que, não se tratando de um público realmente especial, a pessoa deva chegar a determinada leitura. (Opinião bem pessoal)

Com isso que você falou, acho que muita coisa pode ser delimitada, inclusive - talvez - este livro possa ser um bom relato de experiência para práticas colaborativas, ou pelo menos ter um bom capítulo para isso. Eu mesmo estou imerso em um trampo colaborativo com educadores que está dando muito certo.

#9

Olá Fred 

Minha opinião seria bom uma linguagem intermediária não só para iniciantes premiando assim 

os estudiosos do assunto porem permitindo tambem que todos tivessem oportunidade de 

aprender mais pois este trabalho seu principal triunfo é ser livre e disponivel a todos .

Sou fã do livro design livre e um incansável estudioso do tema .

Abraços a todos 

Rodolfo martins

Precisa de ajuda?

Blog

O blog permite que os membros de um projeto se comuniquem, discutindo e publicando novidades. É um ótimo lugar para compartilhar processos, desafios e explorar ideias.