Pular navegação

Memória da reunião emergencial sobre visitações irregulares no PNCD (02/06/2020)

Memória da reunião emergencial sobre visitações irregulares no PNCD (02/06/2020)

Este é um breve relato sobre a reunião realizada, em 02/06/2020, via videoconferência para discussão de visitações irregulares que estão acontecendo no PNCD durante o período de suspensão de visitação pública das unidades de conservação ambientais federais devido aos riscos de infecção humana pelo Covid-19 e as possibilidades da intensificação do problema durante o período do São João na Chapada Diamantina.

Participantes da reunião: Marcela (PNCD), Tayne Luz (prefeitura de Ibicoara), Lucas Miranda (Bocapio), Vinicius (Uneb), Emílio Tapioca (Andaraí), representante do IFBA, Laís Correard e outros.

Foi sugerido (a):

1) a instalação de placas informativas pela equipe do Parna nas principais entradas de acesso ao PNCD esclarecendo a suspensão da visitação pública da unidade de conservação ambiental. Os participantes da reunião contribuíram com a definição das vias de acesso que deverão ser sinalizadas;

2) a mobilização dos líderes das comunidades do entorno do PNCD para esclarecer os integrantes das comunidades para a importância de evitar a visitação no PNCD no período de suspensão do acesso as UCs federais por conta do Covid-19, do isolamento social no período da pandemia e os riscos de contaminação e  disseminação do vírus nas pessoas que habitam o espaço do PNCD e entorno;

3) a mobilização dos parceiros do Conparna-CD para a produção voluntária de card destinado às redes sociais do PNCD celebrando o dia do Meio Ambiente (05 de junho);

4) que deveria-se discutir com os demais integrantes do conselho sobre sugestões para o planejamento das formas de comunicar a manutenção da suspensão do acesso de visitantes ao PNCD, a importância de respeitar as medidas de isolamento, de evitar a visitação em atrativos do parque. Para isso, seria criado um espaço na plataforma do Conparna Chapada Diamantina no Corais (http://www.corais.org/conparnacd) para sugestões dos conselheiros;

5) a discussão dos conselheiros do Conparna sobre o eventual processo de reabertura do PNCD à visitação e a adequação das estruturas turísticas da região do entorno do PNCD às demandas sanitárias que a situação pós-pandemia exigirá. Para isso, poderia-se articular representantes das prefeituras e demais atores interessados, da iniciativa privada, comunitários, particulares e de outras esferas do poder público.

Comentários