Pular navegação

Visões do futuro do jornal

Visões do futuro do jornal

Reuni aqui uma coleção de 7 vídeos selecionado pelo Frederick van Amstel, com diversas visões sobre o futuro do jornal e das publicações. Deixei alguns comentários e marcações sobre os pontos que me chamaram mais atenção em cada uma das propostas.

Tablet Newspaper (1994)

O vídeo "The Tablet Newspaper: A Vision for the Future" foi criado pelo Knight-Ridder Information Design Lab e prevê uma série de boas idéias sobre jornais em tablets (assista a partir de 4"36 para ver diretamente a visão de futuro proposta):

Este protótipo de 1994 já trás diversas das funções que vemos atualmente: permite ler notícias como em um jornal comum, recursos para ler uma história com maior profundidade, vídeos integrados nas notícias, infográficos interativos, zoom e controle de tamanho do texto, segmentação de notícias a partir do perfil do usuário e compartilhamento de notícias.

Beyond The Fold (2006)

"Beyond the Fold" teve início com o projeto PEV (projeto de jornal eletrônico) e buscava explorar as possibilidades da tecnologia e-paper, que começava a despontar.

Jornal com imagem 3D

O mais interessante deste projeto é a premissa fundamental de explorar o gesto como um meio de interface com o papel. Este projeto teve suas ideias expandidas em 2008, em sua versão 2.0, onde são apresentados dois cenários:

  • Na visão do cenário 1, com gestos simples o utilzador tem acesso a diversas informações: ao dobrar levemente a pagina para trás aparecem notícias relativas ao mundo, ao dobrar levemente a página para a frente, tem-se notícias locais. É possível virar para o verso da pagina para ver a próxima página, ou dobrar o papel para ver um infográfico em 3D, assim como girar o dispositivo em 90 graus para assistir um vídeo sobre a notícia.
  • Já no cenário 2 do projeto, uma mulher arquiva suas notícias preferidas dobrando a ponta do jornal, atualiza notícias antigas balançando-o e alterna entre páginas e seções do jornal apenas girando o dispositivo.

Bifocal Display (1981)

Este conceito deste video, apresentado por Robert Spence em 1981, é uma resposta ao problema de "muita informação em pouco espaço". É proposto que se valorize a nitidez e foco somente para a notícia que está sendo lida naquele momento, colocando em segundo plano as demais informações, mas ainda as mantendo visíveis para o leitor.

Linja Prezz: a e-Reader vision (2010)

Helsingin Sanomat's and Linja Design's video about the possibilities of an electronic newspaper. Seus princiapis fundamentos são de que deve-se eliminar a necessidade de Zoom In e Out da leitura do jornal digital e de que. as notícias devem ocupar um menor espaço em tela, mas não só com fácil acesso a notícia completa como também indícios do tamanho da notícia (aparentemente, um reflexo do estudo do Bifocal Display citado acima).

The Future of the Book (2010)

Três visões com diferentes direções que pode tomar o futuro do livro, segundo a IDEO. Cada uma tem um foco distinto: de descoberta, com debate e discussão sobre livros, opiniões sobre publicações e navegação em livros relacionados com o que se está lendo. De socialização, de redes sociais de livros dentro de empresas, com bibliotecas compartilhadas entre funcionários e até mesmo entre empresas. E de leitura, sugerindo livros com funções interativas, com geolocalização e crossmedia e uma exploração avançada de recursos hipertextuais.

Epic 2014 (2004)

Video criado por Robin Sloan e Matt Thompson que imagina um Museu da História da Mídia, no ano de 2014, explicando como se deu a convergência de agregadores de notícias e de mecanismos de web 2.0 até o surgimento do Googlezon e do Epic, um agregador de todo tipo de informações.

Mag+ (2009)

Neste conceito, a Bonnier Research & Development lembram a importância do contexto físico e apresentam um projeto mais focado em revistas. É enfatizada a importância das mudanças de foco durante a leitura: durante a navegação pelas notícias, a página é diagramada de modo atrativo, mas, quando o leitor decide ler uma matéria, as imagens desfocam e o texto vem a frente, em evidência.

A proposta mostra uma integração fluida entre texto e imagem, que ajuda a resgatar informações pelo sistema de busca. Uma curiosidade é que este é um conceito que faz questão de não explorar a mudança de informações depois de girar o dispositivo (geralmente em 90 graus), preservando a diagramação.

Newsboy Color e-reader (2009)

O estúdio de design sueco Propoller ,em parceria com Halmstad University (Media IT), SVID, and the Swedish Newspapers’ Association E-reader propoem o Newssboy como e-redear para três diferentes perfis: empresas, estudantes e idosos.

Comentários

#1

Visão muito interessante sobre o futuro da comunicação fazendo um levantamento inicial do que tem acontecido com a evolução das mídias. Aborda a experiência, no caso utilizando realidade virtual, como a demanda do futuro.

#2

Esse Prometeus é muito exagerado. Quem estuda um pouco de história dos meios de comunicacão logo percebe que as novas mídias não substituem as antigas e a tendência é ter cada vez mais canais de comunicacão, não menos como eles propõem.

Uma mudanca fundamental que eu acredito é na integracão desses canais de mídia. O que hoje é chamado de cross-media e acontece com muita dificuldade, no futuro será mais suave, desde que se esteja usando o padrão dominante.

Precisa de ajuda?

Blog

O blog permite que os membros de um projeto se comuniquem, discutindo e publicando novidades. É um ótimo lugar para compartilhar processos, desafios e explorar ideias.