Pular navegação

Tudo's blog

Design Thinking? para educação? Sim!

O Design como uma área ligada a criatividade e desenvolvimento de projetos possui muitas metodologias que as auxiliam a planejar, desenhar e executar estes projetos. O Design Thinking é uma dessas ferramentas, mas que não constitui-se apenas de um método, mas um conjunto deles para abordar problemas e suas resoluções... por conta dessa característica o Design Thinking pode ser utilizado na educação.

O assunto apresenta muitas especificidades, mas de forma a introduzir a ferramenta e não esgotar o assunto podemos, por enquanto, assistir alguns vídeos a respeito do mesmo abaixo:

GoConqr: Design Didático e Materiais Educacionais Digitais para EaD

Muito do que temos feito no início das atividades aqui na nossa comunidade de prática sobre aplicação das técnicas de criação e inovação do design na educação pode ser reconhecido como um veradeiro exercício metacognitivo. Nas palavras de Ribeiro (2003):

As experiências metacognitivas prendem-se com o foro afetivo e consistem em impressões ou percepções conscientes que podem ocorrer antes, durante ou após a realização de uma tarefa. Geralmente, relacionam-se com a percepção do grau de sucesso que se está a ter e ocorrem em situações que estimulam o pensar cuidadoso e altamente consciente, fornecendo oportunidades para pensamentos e sentimentos acerca do próprio pensamento (RIBEIRO, 2003, p.111).

A autora também ressalta que o conhecimento metacognitivo contribui

Como elaborar um mapa conceitual?

Mapas conceituais são excelentes ferramentas para organizar os conceitos, criando interrelações entre eles e abrindo espaço para novas ideas e interpretações. É uma ferramenta que pode ser muito auxiliar no processo de ensino-aprendizagem, tanto para preparação de aulas quanto como atividade para fixação de conteúdo, pois permite que o estudante tenha um papel ativo de buscar relações entre conceitos estudados. 

E como se elabora um mapa conceitual? Na lista abaixo, verifique alguns links com dicas úteis:

Como fazer um mapa conceitual

Compartilhar o conhecimento: inclusão, inovação e formação de redes de aprendizagem.

Para dar início às discussões da temática, é válido um debate sobre o processo de construção do conhecimento. A intenção desse projeto é construir o conhecimento de maneira colaborativa, criando uma rede de aprendizagem sobre o tema que dá título à iniciativa (ver descrição no item "sobre o projeto")

Essa comunidade de prática teve início na disciplina "Educação Aberta e Redes de Aprendizagem", do Curso de Especialização Lato Sensu INTEDUC - UTFPR. Na ocasião, muito foi discutido a respeito do papel do compartilhamento do conhecimento como mote para uma educação mais inclusiva e inovadora. 

Confira a primeira atividade dessa equipe: uma resenha sobre o texto "Compartilhando o conhecimento", de Alvarez et al.(2006):

Precisa de ajuda?

Blog

O blog permite que os membros de um projeto se comuniquem, discutindo e publicando novidades. É um ótimo lugar para compartilhar processos, desafios e explorar ideias.