Pular navegação

Archive: março 2014

Ajuda

Memorial Rodrigo Lelys 26/03/2014

Como é de costume, antes das reuniões de Chica, trabalhamos a copoeira com Leno. A cada dia os golpes ou movimentos estão ficando mais difíceis, assim como os exercícios que Chica vem fazendo.  

Através de várias atividades, nossa orientadora continua mexendo com os sentimentos. O que me chama mais a atenção nos encontros de Chica é o contato que ela têm conosco, isto é muito importante, porque ela nos dá estímulo nas horas de expressar emoções. Ao longo de alguns experimentos damos um passo a frente para a encenação de Macbeth, a cada dia essa peça vem ficando ainda mais clara em minha mente.

A reuniões de Chica são únicas, aprendemos coisas diferentes todas as vezes que nos encontramos.

Memorial Rodrigo Lelys 25/03/2014

O encontro de hoje foi extremamente instrutivo, apredemos praticamente tudo sobre uma câmera de vídeo. Nossa orientadora explicou todo o funcionamento da máquina, mostrando o que cada botão fazia. 

O hora que me deixou mais ligado foi logo no final, quando tivemos a oprtunidade de botar "a mão na massa". Todos nós fomos gravados, e quando terminavamos de falar tinhamos a oportunidade de registrar e ouvir o que cada um falava.

A reunião de hoje me deu a oportunidade de conhecer a performance de algumas máquinas de vídeo, o que me deixou uma pessoa menos leiga sobre o assunto.

MEMORIAL 25.03.2014 GRAZIELLE

Cada dia a coisa vai ficando mais clara.

A oficina de sonorização vem dando uma pra gente uma visão muito bacana da importância do som no processo teatral, mas, é bem mais que isso, é conhecimento mesmo! É poder comparar um som em um teatro e um som em uma casa de show, por exemplo, e entender a diferença. Perceber como  a arquitetura do espaço influencia na sonoridade, o formato de uma parede e a reverberação do som nesse ambiente. É saber que é importante ter um equipamento de qualidade, mas, é bem mais importante saber operar o equipamento com segurança, sabendo o que está fazendo.

MEMORIAL 25.05.2014 - STELA DANTAS

Começamos a aula com duas câmeras para analizarmos. Maise demosntrava e explicitava os botões funcionais das mesmas.

Descobri várias coisas que não sabia, o que não é muito de esperar visto que não sei nada de tecnologia e fios, botões etc. Descobri que o botão VCR não está só para enfeitar, mas serve para utilizar a câmera como vídeo e que os fios branco e vermelho são de audio e o amarelo de vídeo. 

Percebo assim que aos poucos vou me familiarizando com os nomes de todos aquelas cabos, entradas, etc.Mas bemmm aos poucos!!

Hoje já praticamos um pouco, filmando e entrevistando colegas. Mui Bueno!!!

MEMORIAL 24.05.2013

O início com a capoeira me fez perceber como essa luta é parecida com o teatro. Olho no olho, cada um tem que dar seu movimento no tempo certo, um depende do outro, duas pessoas sincronizadas. 

Depois de aquecidos, Chica nos trabalhou com relaxamento e movimentos precisos. Onde a fala é resultado do movimento e não algo apartado dele.

Adorei também o poder de demonstrar em 7 fotos o que o texto diz e a diferença de como cada grupo externalizou as fotos.

Enfim, termino a aula ansiosa pela próxima.

MEMORIAL 24.05.2013

O início com a capoeira me fez perceber como essa luta é parecida com o teatro. Olho no olho, cada um tem que dar seu movimento no tempo certo, um depende do outro, duas pessoas sincronizadas. 

Depois de aquecidos, Chica nos trabalhou com relaxamento e movimentos precisos. Onde a fala é resultado do movimento e não algo apartado dele.

Adorei também o poder de demonstrar em 7 fotos o que o texto diz e a diferença de como cada grupo externalizou as fotos.

Enfim, termino a aula ansiosa pela próxima.

Memorial 24.03.14 - Luana Paim

Etiquetado:

Nunca pensei que fosse me apaixonar de forma tão intensa pela capoeira. Foi uma surpresa maravilhosa ter o primeiro contato e com Leno! Estou com ânsia de aprendizado e não vejo a hora de entrar na roda e gingar.

Depois do encontro maravilhoso com Leno, pude matar a curiosidade sobre Chica; sempre comentada e elogiada pelo seu belíssimo trabalho. Tive então o prazer de conhece-la e entender o motivo de tantos elogios. Chica desafia e tenta extrair o máximo de emoção que cada um tem dentro de si. Chica faz acreditar que cada um é capaz de dar sempre mais.

Esse segundo momento me fez lembrar de Fernando Pessoa e "Ser Grande":

"Para ser grande, sê inteiro:
Nada teu exagera ou exclui.
Sê todo em cada coisa.
Põe quanto és
No mínimo que fazes.
Assim em cada lago a lua toda brilha,
Porque alta vive."

Memorial Rodrigo Lelys 24/03/2014

Através do encontro de hoje, tive a oprtunidade de conhecer a capoeira. Apredemos o gingado e alguns golpes, o que foi muito interessante. A concentração é muito importante na capoeira e no teatro, o que traz uma certa semelhança entre essas duas artes.

Em seguida veio Chica mexendo com nossos aspectos físicos e psicologicos. Nossa orientadora trabalhou com tanta coisa que eu não conseguiria descrever tudo em apenas um memorial. O que realmente tenho certeza é que a reunião de hoje foi extremamente proveitosa e instrutiva, e também foi um encontro que deixou meus sentimentos à flor da pele.

Memorial Vic Matos 24/03/2014

Hoje através da LIVRE,tive a oportunidade de experimentar a capoeira de forma direta pela primeira vez,foi fantástico! Sempre achei muito bonito,é uma das manisfestações da nossa cultura que sinto mais respeito e encanto.

Depois disso o encontro com Chica foi uma explosão de energia,libertei toda a agrestia presa em mim que não usava a pelo menos...dois dias!O encontro de hoje durou apenas três horas mas tenho certeza que com seus enérgicos sermões do bem entendi aspectos cênicos fundamentais para o aprendizado da carreira que escolhi.

Memorial 21.03.14 - Luana Paim

Etiquetado:

Na oficina ministrada por Martin pudemos aguçar a agilidade do nosso raciocínio. Estar concentrado e em estado de alerta foi um exercício constante pois não podiamos deixar aquela energia morrer. Também não podiamos perder o ritmo enquanto improvisávamos uma história sobre um cego e uma manca em Paris. A música não podia parar e a história também não. Foi ótimo!

Fizemos exercício de voz, que eu adoro e gostaria de fazer mais vezes, e mais e mais improvisos. Martin nos desafiava com um tema e nós faziamos; acredito que no mesmo esquema do pensar, trocar, ouvir, fazer.

Por fim, ficamos com a tarefa de ler Macbeth e trazer documentos do Golpe de 64. Documentos estes que mostrem o antes, o durante e o depois do período.

Precisa de ajuda?

Blog

O blog permite que os membros de um projeto se comuniquem, discutindo e publicando novidades. É um ótimo lugar para compartilhar processos, desafios e explorar ideias.