Pular navegação

Tudo's blog

Ajuda

Memorial 08.04.2014

Etiquetado:

Hoje começamos o dia com a contemplação dos movimentos e da respiração através do Yôga, orientado pela querida Anita. As aulas dela são sempre maravilhosas, trabalham a nossa concentração, respiração, força muscular, alongamento, tudo isso com posições mantidas para desafiar o poder da nossa mente. E o resultado é imediato, no fim da aula, sinto um profundo bem estar e uma melhora instatânea na minha concentração, que faz meu dia começar diferente. Depois seguimos para a conitnuação da leitura do texto Macbeth onde cada integrante foi recaptulando uma cena do ato I no meio da roda e por fim trabalhamos com a ultima cena, onde um casal de atores lia as diferentes versões dos tradutores. Como já havíamos dito, esse exercício é de extrema importãncia pois é nesse início que podemos tirar as nossas dúvidas, entender o texto em várias versões, comparar, discutir opniões e dá início a criação do personagem e da peça como um todo.

Memorial 08.04.2014

Etiquetado:

Hoje começamos o dia com a contemplação dos movimentos e da respiração através do Yôga, orientado pela querida Anita. As aulas dela são sempre maravilhosas, trabalham a nossa concentração, respiração, força muscular, alongamento, tudo isso com posições mantidas para desafiar o poder da nossa mente. E o resultado é imediato, no fim da aula, sinto um profundo bem estar e uma melhora instatânea na minha concentração, que faz meu dia começar diferente. Depois seguimos para a conitnuação da leitura do texto Macbeth onde cada integrante foi recaptulando uma cena do ato I no meio da roda e por fim trabalhamos com a ultima cena, onde um casal de atores lia as diferentes versões dos tradutores. Como já havíamos dito, esse exercício é de extrema importãncia pois é nesse início que podemos tirar as nossas dúvidas, entender o texto em várias versões, comparar, discutir opniões e dá início a criação do personagem e da peça como um todo.

Memorial 07.04.2014

Etiquetado:

Começamos a nossa segunda feira/segunda semana com a expectativa da Oficina de Ritmos com o Grupo Oficina Multimédia, onde fizemos um aquecimento maravilhoso com o Jhonatan, que trabalhou fortalecimento, alongamento e concentração com atividades dinâmicas. Eu já estava sentindo falta de começar a vivenciar todo esse processo de ativação dos potenciais do nosso corpo e mente através dessas atividades que são sempre desafiadoras e nos trazem um prazer imenso em participar. O olhar, a leveza e o peso dos movimentos, o trabalho em grupo, a prontidão, a criatividade, a atenção, o ritmo, o tempo, a paciência, foram os elementos necessários para serem executados nas atividades propostas por Ione, que nos trouxe uma variedade de atividades desafiadoras onde ela fazia questão e exigir o menos óbvio nos levando para o caminho mas difícil. Ela dizia com clareza: "Fazer teatro é escolher o caminho mais difícil, pois é nele que o aprendizado é mais rico".

Memorial 31.03.2014

Etiquetado:

Primeiro dia após um mês de férias, entrando com uma energia nova de expectativa do segundo Arco/Ano da Livre. A roda iniciou sem estar completa com todos os integrantes, por isso, a primeira discussão foi a questão dos atrasos e de qual seria a nossa decisão dali em diante quanto a isso, já que é nítido como isso atrapalha o grupo impedindo o avanço. Nossa decisão foi a obvia: não seria tolerado mais atrasos seguidos dali em diante. Depois disso, uma pergunta foi lançada: Qual é a ideologia do grupo? Ideologia, uma idéia que se segue, ou se defende. A Livre está em busca dela, em busca de um fazer teatro a partir da experimentção, do erro e do acerto,  e nesse caminho só a prática, a vivência a reflexão constante e  a discussão (coisa que já fazemos) podemos definir algo. Eu acredito nisso.

Memorial 04/04/2014

Não consigo encontrar palavras para a experiência maravilhosa que foi o encontro de hoje com Berto! Emprestar nossas camisas para para ajudar alguns que colegas que precisavam,acabou caindo como um luva para nos libertarmos e fazer com que a aula fluísse mais que positivamente.A proposta da troca de gêneros aconteceu muito bem,de forma séria e divertida,intensa e leve.Todas as meninas receberam elogios da forma como incorporaram um ser masculino e eu me sento lisonjeada,de novo.

Nos primeiros exercícios de improvisação,trabalhamos a perda,ainda com os gêneros trocados (como ocorreu o encontro inteiro) a criatividade rolou solta,cenas bem diferentes umas das outras.A última improvisação deixou claro como,aos poucos,estamos aprendendo a deixar de fazer piada por piada e estamos incorporando elementos críticos a comédia nossa de cada dia.

Memorial 04/04/2014 Victoria Matos

Começamos o encontro de hoje com Martin trabalhando o status,mais elevado e menos elevado.Fui a primeira voluntária para a improvisação junto com um colega,para a minha surpresa,quando nosso colaborador perguntou aos meus demais quem parecia ter um status mais elevado,se referiram a mim.Ao decorrer do exercício fomos trocando de lugar e experimentando coisas novas.

As duplas que tinham as cenas elaboradas a partir dos documentos da ditadura as apresentaram,a minha não estava pronta mas Martin quis que eu e o meu parceiro apresentássemos,pois ele achou a proposta muito bacana para ser trabalhada,fiquei lisonjeada.Por último diligenciamos a cena do fantasma de Banquo,a partir de objetos de figurino que tínhamos imaginado para este ser sobrenatural,várias ideias novas surgiram e esperamos poder aplicá-las no dia do experimento.

07 de Abril - Segundo Ano

Etiquetado:

Sempre no domingo você fala assim: "porra, amanhã é segunda né véi". Mas se tratando de LIVRE meu filho, é de ferente. A segunda-feira é linda e recheada de magia. Teatro Vila Velha, Palco principal, Universidade LIVRE, Marcio Meirelles, Rafael Grilo, Bertho Filho e Grupo Oficina Multimédia. Assim começou meu dia nessa província de Deus. Fomos logo para o templo sagrado. De cara fizemos uma pequena merenda. Tirar praticável, caixa de som, enrolar o cabo e mete bronca.

Memorial 04.04.2014 Victor Fernandes

Aprofundando o que já tínhamos dito em encontros anteriores, o poder entre duas pessoas é algo tão extremo? As relações de poder só se encontram em situações extremas? O poder existe em nosso cotidiano? Talvez o status seja essa resposta, o poder está em apenas um tom de voz ou uma postura.

Em outro momento trabalhamos novamente as cenas do golpe criadas no encontro anterior, mas agora lapidando elas com o auxílio de Martin.

Resolver uma fantasma, uma cena, pode parecer simples em um primeiro momento, no último encontro nos foi proposto isso com a divisão de dois grupos, creio que ambos chegaram a conclusão que o mesmo não é assim tão fácil, a cena foi trabalhada pelas equipes cada um com sua visão e sua solução, ao final discutimos se essas eram de fato as melhores soluções.

Memorial 03.04.2014 Victor Fernandes

Previamente recebemos pelo email um ótimo material sobre enquadramento, então durante o encontro podemos ver o mesmo e foco, ainda um pouco de iluminação e em um momento mais descontraído falamos sobre os cursos de cinema, ainda escassos em Salvador.

Memorial 02.04.2014 Victor Fernandes

Poder descobrir o amor a novas artes é um sentimento maravilhoso, e é isso que acontece com a capoeira, sempre achei bonito mas nunca levei em consideração algo a mais, e a cada encontro fico mais envolvido, ainda que com o gingado mal desenvolvido o gostinho de quero mais sempre permeia quando Chica aparece prontamente as 15hrs na porta da sala.

Dessa vez sem muita quebra de energia, continuamos na vibe acelerada com o exercício de dar forma a um animal que a pessoa achasse condizente com seu personagem, trabalhamos isso de diversas formas, de início com o próprio animal e em seguida trazendo isso ao personagem em si e com improvisações, arranhões e assaduras não foram dispensáveis.

Precisa de ajuda?

Blog

O blog permite que os membros de um projeto se comuniquem, discutindo e publicando novidades. É um ótimo lugar para compartilhar processos, desafios e explorar ideias.