Pular navegação

O criador e o silêncio

Ajuda

O criador e o silêncio

Etiquetado:

O criador e o silêncio

Silêncio. Na sala vazia, o criador observa os moveis, os livros, a parede, a cortina, a janela. Nada o estimula, nada desperta sua criatividade. Permanece imóvel, com o olhar perdido. O desânimo o contamina. Para onde ir? O quê fazer? Chora. Novamente observa o vazio. Busca nos objetos ao redor a inspiração para continuar seu trabalho. Toma uma decisão. Pega um caderno e uma caneta. Nada pode detê-lo agora, pensa. Começa a escrever freneticamente. Como em transe, palavras transbordam dos seus dedos e desenham por si mesmas imagens no papel. O criador fica empolgado, alegre, entusiasmado com tanta criatividade! Continua escrevendo freneticamente. A força da escrita chega a rasgar o papel, mas ele não se importa. Não é possível permitir que a criatividade perca-se no vento. O criador joga-se na cama, rola no chão, sobe na cadeira, e os dedos continuam escrevendo palavras no caderno. Páginas e mais páginas da escrita mais perfeita e elaborada, pensa. Sorri, sentindo uma felicidade imensa. Agora sim! Agora tem uma obra digna de ser lida. Toma uma decisão. A hora da revelação chegou. O criador pega o caderno e começa a leitura da sua grande obra. Um sentimento estranho toma conta de si. Não compreende o que está escrito no papel. Apenas palavras, nada mais. Palavras bonitas, sonoras, saltitantes, coloridas. Formam juntas o mais belo desenho já lido. Poderiam mesmo estar emolduradas na parede, pois parecem um esboço de Da Vinci. Mas nada significam. Não fazem sentido algum. Palavras encadeadas, uma após a outra, como pessoas na fila de um banco. Cada uma tem sua história, seu significado, seu peso, seu sofrimento, mas nenhuma relação entre si. O criador desespera-se.  Pega o caderno e rasga folha por folha, amassa uma por uma, joga todas no chão. Que perda de tempo, pensa. Na sala vazia, o criador novamente observa os moveis, os livros, a parede, a cortina, a janela. Silêncio.

Texto de Marcia Ribeiro inspirado na apresentação de Lucílio Bernardes em 21/11/2013.

Comentários

Precisa de ajuda?

Blog

O blog permite que os membros de um projeto se comuniquem, discutindo e publicando novidades. É um ótimo lugar para compartilhar processos, desafios e explorar ideias.