Pular navegação

Memorial 05.09.2014

Memorial 05.09.2014

Ontem foi um dia difícil. De início, não conseguia entender a proposta de Franklin, mas no final levei pra casa que posso criar múltiplas possibilidades de expressão e não ficar preso somente a uma.

Como convencer alguém? Essa pergunta já me acompanhava antes, no meu ofício de advogado, e volta agora na LIVRE. Não me incomoda, isso me instiga, pois explorar novas formas de expressão é um convite à criatividade.

A expressão sai de dentro pra fora (óbvio). Saber como chegar na plateia, no coração, nas emoções... Ser certeiro no golpe. Tocar. Eis a questão, companheiro Shakespeare.

Comentários