Memorial - Tainá Marjore - 08.09.2014

Etiquetado:

Cheguei hoje ao Vila cheia de energia, mas com a mente ainda trabalhando para conhecer como é o verdadeiro ritmo da Livre por mais que semana passada tenha sido uma semana cansativa, mas ótima.

Iniciamos com o Yoga, com a colaboradora Anita Bueno, foi agradável e relaxante, uma forma de esquecer um pouco as tensões e problemas diários, pena que é apenas uma vez na semana.

Tiago e Cláudio passaram alguns exercícios e brincadeiras que trabalham o foco e a concentração, que é sempre bom e divertido. A atividade de criar um som e sentir um guerreiro dentro de si me inspirou bastante para o próximo passo, que foi a improvisação. Foi o que mais gostei de fazer hoje, acredito que eu, Jéssica, Lélia e Nina fizemos algo diferente de tudo que já havia visto em improvisação, o início, meio e fim, com apenas sons, gestos e a frase que Tiago nos passou (da obra de Shakespeare, Macbeth) sugerindo que disséssemos em algum momento da cena criada.

Para finalizar, Marcio perguntou a nós na roda como foi semana passada e hoje, vi que todo mundo tem uma visão diferente, mas claro todos tiveram o quase o mesmo cansaço. Eu gostei de falar, porque nos primeiros dias eu ainda sentia uma insegurança quando Márcio perguntava qualquer coisa, mas hoje foi diferente, eu queria falar logo e disse o que realmente estava em mentem, não perdi as palavras.

De semana passada pra cá, tudo tem sido bom, cada dia uma nova descoberta e um novo aprendizado. Quero conhecer tudo que há no Vila, nos integrantes da Livre, meus colegas da Oficina, assim como eu também tenho para passar à eles e explorar tudo que for novo. 

Comentários