Memorial - Tainá Marjore - 06.10.2014

Etiquetado:

Hoje iniciamos nossa tarde com a colaboradora Anita Bueno e o Yoga na sala João Augusto. A cada aula possuo mais facilidade em realizar os movimentos, hoje me alonguei bem, porém tive um pouco de dificuldade em equilíbrio. Durante o relaxamento, relaxei, sonhei e quase dormi. Senti o corpo mais leve e preparado para qualquer atividade.

Tivemos novos colaboradores nessa segunda que permanecerão até o fim de outubro, Vinícius Bustani, Jadsa Castro e Caio Terra (Caio não pôde ficar muito). Já iniciamos os exercícios pegando uma cadeira no Café Cabaré, e então já percebi que seria diferente de tudo que já tínhamos feito. Caminhamos pela sala sempre procurando ocupar bem o espaço e então sugeriram que andássemos de costas. Depois tínhamos que correr a partir do comando (palmas), mas correr com um foco e em linha reta, chegando ao foco, parar. Após disso utilizamos as cadeiras, nooooossa! Tínhamos que andar com elas segurando acima da cabeça, mantendo o cuidado para não machucar os colegas e logo Vinícius começou: “- Pára, sente na cadeira, levanta, senta, roda, levante, suba e fique de pé na cadeira, desça, deite na cadeira, vá ao chão, levante e pegue a cadeira e ande com ela acima da cabeça.” (tudo isso bem rápido e diversas vezes) Então variava, corremos com a cadeira no bumbum, sentamos e procuramos um olhar, trocamos de cadeira e também fixamos o olhar para bater palmas juntos. Resumindo esse exercício da cadeira em três palavras: SUOR, REPETIÇÃO E CANSAÇO. Mas, adorei! Faria por mais tempo se possível! Depois fizemos uma dinâmica de toque, onde tocávamos e o colega congelava, logo com o toque fazíamos de conta que estávamos caindo, foi hilário! Também fizemos movimentos em que rodávamos como crianças, rindo a toa... Após, pediram para que cada um dissesse uma palavra, logo todos escolhiam uma única e repetia. Na pegada das músicas íamos fazendo movimentos com as palavras, tornando um coro. À tarde foi beeeeem agitada, não ficamos parados por um único minuto! (sempre mantendo a energia) Dancei demais, ri muito e estou sentindo um cansaço ótimo e quero mais tardes como essas! 

Comentários