Pular navegação

Liberdades fundamentais para o Design Livre

Ajuda

Liberdades fundamentais para o Design Livre

Inspirado nas 4 liberdades fundamentais do Software Livre, o Frederick sugeriu que o Design Livre pudesse ter também seus fundamentos. Após algumas discussões, propomos que o Design Livre adote as liberdades do Software Livre e acrescente mais algumas:

  1. A liberdade de aprender a usar. Independente de um uso proposto ou esperado no projeto aberto que for consultado.
  2. A liberdade de estudar e reproduzir o processo que gerou o produto. Consultar a documentação das decisões de design, os arquivos-fonte.
  3. A liberdade de colaborar com o processo, inclusive modificando o mesmo. Alterar qualquer parte de um processo, 
  4. A liberdade de aprender a fazer. E produzir e reproduzir.

Estas liberdades são uma proposta. Você concorda?

Comentários

#1

Replico aqui as quatro liberdades fundamentais do Software Livre, escritas por Richard Stallman:

Free software is a matter of the users' freedom to run, copy, distribute, study, change and improve the software. More precisely, it means that the program's users have the four essential freedoms:
  • The freedom to run the program, for any purpose (freedom 0).
  • The freedom to study how the program works, and change it to make it do what you wish (freedom 1). Access to the source code is a precondition for this.
  • The freedom to redistribute copies so you can help your neighbor (freedom 2).
  • The freedom to distribute copies of your modified versions to others (freedom 3). By doing this you can give the whole community a chance to benefit from your changes. Access to the source code is a precondition for this.

Interessante este comentário: "...software livre é uma questão de liberdade, não de preço. O termo 'livre' deve ser usado no sentido de 'livre expressão' e não de 'cervejas livres/cervejas liberatas'" [Tradução minha. Observação: em inglês, o termo "free", de "free software" também é usado para "grátis"]

#2

Estudando rapidamente, arenito que estas liberdades são uma referência às Quatro Liberdades articuladas por Franklin D. Roosevelt, em 1941. São liberdades que qualquer pessoa no mundo deveria ter:

  • Freedom of speech and expression (Liberdade de voz e expressão)
  • Freedom of worship (Liberdade de culto)
  • Freedom from want (Liberdade da carência / Ausência de miséria)
  • Freedom from fear (Liberdade do medo)

#3

Como referência, temos também os 5 princípios básicos do OpenIDEO:

Principle #1: Inclusive
Recognize and enable all levels of participation from different disciplines. It's about allowing anyone to contribute to the creative process. Whether it's a great insight, a beautiful sketch, an encouraging build, or a few words of praise, the platform allows everyone to take part in and feel as if they are a part of the process.
Principle #2: Community-centered
Remember the core strengths of the community and play to them. OpenIDEO is meant to foster a strong, vibrant, lively community that thrives on inspiration -- and that we all trust will make a difference. Focusing on this community and its activities is essential.
Principle #3: Collaborative
Promote teamwork among individuals and teams by recognizing the many roles that are crucial to each step of the design process. Always choose collaboration over competition, and create an atmosphere for building on one another's ideas.
Principle #4: Optimistic
Stay optimistic! You never know when a wild idea might enable others to get closer to a viable solution.
Principle #5: Always in Beta
Design for continuous improvement and iteration and scale deliberately. That goes for the community, the platform, and these principles. To this end, please email your suggestions for making OpenIDEO better.
Precisa de ajuda?

Blog

O blog permite que os membros de um projeto se comuniquem, discutindo e publicando novidades. É um ótimo lugar para compartilhar processos, desafios e explorar ideias.