Projeto GNU

É a liberdade dos usuários, de poder modificar totalmente o seu sistema ou programa. São contra a venda de softwares, e principalmente, são contra as empresas que não deixam o código fonte de seus programas disponível para quem os utiliza.  Teve inicio em 1984, Idealizado por Richard Stallman.

Este artigo tem por objetivo mostrar a todos que o que costumamos chamar por Linux, não é apenas o Linux. Na verdade o que usamos é uma série de programas que dependem de um Kernel chamado Linux. Esses programas começaram a ser desenvolvidos num espírito de coletividade e liberdade. Esse espírito proporcionou a criação da Free Software Foundation e o projeto GNU. A ideologia do projeto GNU é a liberdade dos usuários, de poder modificar totalmente o seu sistema ou programa. São contra a venda de softwares, e principalmente, são contra as empresas que não deixam o código fonte de seus programas disponível para quem os utiliza.

Comentários

#1

Já na década de 1980, quase todoGNU é o nome de um projeto lançado em 27 de setembro de 1983 por Richard Stallman e que atualmente é mantido pela Free Software Foundation (FSF). O objetivo do projeto era criar um sistema operacional parecido com o Unix, chamado GNU, totalmente baseado em software livre. o software era proprietário, o que significa que ele possuía donos que proibiam e evitavam a cooperação dos usuários. Isso tornou o Projeto GNU necessário.

Todo usuário de computador precisa de um sistema operacional; se não há nenhum sistema operacional livre, você não pode nem começar a usar um computador sem recorrer a software proprietário. Dessa forma, o primeiro item na agenda do software livre tinha de ser um sistema operacional livre.

O nome “GNU” foi escolhido porque atende a alguns requisitos; em primeiro lugar, é um acrônimo recursivo para “GNU's Not Unix”, depois, porque é uma palavra real e, finalmente, é divertido de falar (ou Cantar).