Pular navegação

Possibilidades no Encontro de Tecnologias Sociais

Possibilidades no Encontro de Tecnologias Sociais

Olá turma. 

No dia 27 de setembro, o Centro Marista Circuito Jovem (local que trabalho) estará realizando um evento chamado Encontro de Tecnologias Sociais (em breve mais detalhes).

O evento terá início às 9h da manhã, no próprio centro e as atividades irão se estender até à tarde. À noite, a ideia é fazermos uma cultural na UFPE aproveitando o São Sambas.

Gostaria de saber se há interesse de fazer uma exibição na cultural. Acharia super legal que rolasse algo voltado ao tema. Posso até ajudar na temática. De antemão, poderiam procurar algum curta sobre uso de software livre (pro lado cultural) ou algum projeto de alguma tecnologia social (acessível e replicável).

Vamos pensando.

Abraços

Comentários

#1

Opa, há total interesse Isaac, estamos colados nessa, vamos conversando!

Abraços

#2

qualquer coisa nos encontramos presencialmente pra definir o tema!

#6

Pode ser esse FDS. Ou vocês acham muito em cima?

#3

Então, Isaac até de deu uma sugestão no sábado quando vltavamos pra Olinda, um filme que não me recordo o nome, mas que seria sobre metareciclagem.

#7

Acho que a sugestão que dei foi pegar vários vídeos em licença aberta - que permitam remixagem - e fazer um vídeo com imagens e sons de gambiarras e engenhocas que tenham a ver com tecnologia e sociedade.

#4

seria um possível choque com o dia palestra do ciranda filosófica? vamos discutir a possibilidade da onipresença? dividirmos uns na cultura e outros na ufpe na data?

#5

Sim, há choque. Sugiro Vinicius e Raíssa na cultura (com o suporte de Rafa) e Filipe, Isaac e Eu na UFPE. Naturalmente isso pode ser negociado, é apenas uma sugestão.

#8

Por mim de boa esse FDS, se pá sábado?

#9

Colocando minhas impressões e contribuições pós-reunião lá no Empório, Sábado dia 21.

  • A participação do TEAR se dará apenas com uma exibição de vídeo;
  • Apenas Carlos Lunna irá à atividade, Isaac Filho ajudará;
  • O vídeo indicado (por Isaac) é "The Coconut Revolution". O vídeo tem quase 1h de duração.

​Acho que como demanda, teria ver com a turma da Concha sobre horários. Já que o vídeo tem quase 1h e seria necessário encaixá-lo na programação.

Outra demanda é saber se vai haver um cartaz para essa exibição. Deveriam fazer pelo menos um mínimo para divulgação, inslusive para ser colocado aqui no site do Marista. Vejam por aí.

Fico no aguardo.

#10

Massa Isaac, vou colocar estas informações na sistematização da reunião de sábado. É de boa a gente falar direto com Eduardo sobre o encaixe da cultural do Encontro de Tecnologias Sociais? Achei que fosse um lance institucional, do CRC > Concha,  por isso não fiz antes.

#11

Foi massa o evento, a palestra com o pessoal da Colaborativa PE foi bem massa....deu pra dar sacar melhor da estrutura e do discurso deles....

A sessão infelizmente tivemos que abortar, pq atrasou algumas atividades, aí o cineclube ficaria num horário muito achatado e já com o público esvaziado. Mas, em breve faremos uma atividade lá no CRC com mais foco.

A idéia de emendar a cultural do Encontro com o São Sambas tb foi bem bacana, vários presentes no CRC pintaram por lá e funcionou legal como a cultural do evento.

#12

Galeris.

Gostaria de agradecer a presença de vocês e também me desculpar pelo não ocorrimento da exibição. Ficarei devendo uma outra oportunidade mais cedo e com mais público.

Abraços

#13

No dia 27 de setembro foi realizado o Encontro de Tecnologias Sociais. Realizado pelo Centro Marista Circuito Jovem do Recife, com o apoio das empresas Lorenee Companhia de Serviços, o evento buscou juntar diversas entidades e pessoas que trabalham com inclusão digital para que fossem compartilhados temas, saberes e experiências.

O evento, que recebeu 100 inscrições, foi realizado no auditório do CMCJ que serviu de ponto de troca da sociedade, academia e governo, não apenas de Recife, mas do interior de Pernambuco e dos estados da Bahia, Ceará e Paraíba. Alguns educandos também participaram, representando os educandos do CMCJ no evento.

As atividades foram prestigiadas pelas entidades:

  • Centro Social Dom João Costa;
  • Universidade Federal Rural de Pernambuco;
  • ONG Missão Educar;
  • Pró-Jovem de Olinda;
  • Estação Digital Barra de Jangada;
  • ONG Brasil Desenvolvimento Social e Sensibilização Ecológica;
  • Coletivo Tear Audiovisual;
  • Grupo de Informática Comunicação e Ação Local – GIRAL;
  • Telecentro de Pombos;
  • Prefeitura Municipal de João Pessoa;
  • Centro Marista Itamaracá;
  • Faculdade de Ciências Aplicadas de Limoeiro;
  • Centro de Estudos e Educação Popular – CEEP;
  • Comunidade Bíblica da Graça;
  • Associação dos Moradores de Rio Doce;
  • Biblioteca Comunitária de Caranguejo Tabaiares;
  • Sindicato dos Trabalhadores de Tecnologia da Informação;
  • SERPRO;
  • Centro Tecnológico de Cultura Digital;
  • Universidade Estadual da Bahia.
Ana Jacy, UNEB, apresenta a nova "roupagem" da formação do Telecentros.BR

Ana Jacy, UNEB, apresenta a nova “roupagem” da formação do Telecentros.BR

Em apenas um dia o Encontro de Tecnologias Sociais conseguiu realizar:

  • Encontro de Telecentros e Entidades, com discussões através de grupos de trabalho temáticos;
  • Palestra sobre PRISM, programa de vigilância Norte-Americano;
  • Palestra sobre como os Telecentros podem se tornar Empreendimentos Criativos;
  • Oficina de Percussão Inclusiva;
  • Cultural no evento São Sambas, na UFPE.
Batman, com a oficina de percussão inclusiva.

Batman, com a oficina de percussão inclusiva.

“O encontro foi muito importante em relação ao telecentro, com vários tipos de tecnologia e inovação e vários outros temas. Muito importante para a formação e cidadania do povo pernambucano” – Wallace Ferreira, educando.

Anahuac de Paula Gil na palestra sobre o PRISM.

Anahuac de Paula Gil na palestra sobre o PRISM.

“Encontros como este, se faz necessário pois em um mundo que cada vez mais gira em torno das tecnologias, a sociedade carece de estar inserida na discussão e empoderamento do seu papel. Além de que precisamos juntar forças da sociedade cívil, movimentos e usuários em prol da qualidade e livre acesso as tecnologias, um exemplo é nossa organização está inserida no interior do estado onde praticamente somos ” foco de resistência” a discussões como: software livre , inclusão digital fazendo uso da cidadania e direitos humanos…” – Jairo Rubens, Coordenador de Projetos do GIRAL.

GT de Tecnologias Livres

GT de Tecnologias Livres

“Eu achei o evento muito interessante principalmente por ter aprendido muitas coisas relacionadas a tecnologias sociais que eu não conhecia, além de me inteirar da situação e dos desafios enfrentados pelos telecentros no Brasil, e o andamento da política de inclusão digital no Brasil. Apesar de não trabalhar diretamente com isso, é um tipo de conhecimento muito importante para meu trabalho como educadora na área de Informática, na universidade pública. A troca de experiências com pessoas de contextos bem diferentes do meu foi muito rica e proveitosa.” - Taciana Pontual, Professora do Curso de Informática da UFRPE.

Pedro Jatobá na palestra sobre empreendimentos criativos.

Pedro Jatobá na palestra sobre empreendimentos criativos.

“O encontro foi inspirador. Marcado pela pluralidade de seus participantes, de secretaria municipal a jovens nerds, de atuantes de economia solidária a empresários, de revolucionários a conservadores, foi alentador ver que o tema da democratização do conhecimento tecnológico e seus impactos sociais tenha tanta força. O formato de fórum, abrindo a discussão para todas as parcelas da sociedade foi ótimo. Fundamental registrar o papel do CRC. Espero ansioso pelo II Encontro ano que vem! Saudações Livres!” – Anahuac de Paula Gil, ativista do Software Livre.

Confira o nosso álbum de fotos clicando aqui.

Acessado em 03/10/2013 http://sites.marista.edu.br/crcrecife/2013/10/02/cmcj-recife-realiza-encontro-de-tecnologias-sociais/

#14

massa, grande satisfação ter ido lá